Lançamentos Música Mpb Resenhas

LANÇAMENTO: O primeiro álbum do Flavio Tris

Capa-Flavio-Tris-2013

Flavio Tris – Flavio Tris
Lançamento: Independente, Julho/2013
Review: * * * *

O primeiro movimento do cantor e compositor Flavio Tris foi um bom EP com cinco músicas, lançado em 2011. Agora o Flavio estreia em disco acompanhado por um time de peso. O primeiro nome que se destaca na ficha técnica é o de Alê Siqueira, responsável pela efetiva produção do álbum.

Numa primeira ouvida da faixa que o abre o trabalho parece que regredimos no tempo, coisa pra lá de 1970. Essa impressão se desfaz rapidamente, antes mesmo da autoral “Fotografia“, moldada com elegante violão de Luiz Gabriel Lopes, terminar. O esquema aqui é de reverência e não de adequação atemporal. E quando falo de reverência, extraio  a pecha de submissão a gêneros e estilos do sentido da palavra. Flavio olha para o passado, sim. Mas totalmente conectado ao seu tempo, aberto a experiências que incluem influências do jazz, do samba e do baião sem soar exótico. É assim que o bolero descarado “Sejas Tu“, faixa que se me contassem que fora gravada por Nelson Gonçalves em 1950, eu nem duvidaria, exala frescor na participação de Tulipa Ruiz, inspirada como de costume. Respeitosa interação com o hino nordestino “Asa Branca” de Luiz Gonzaga, “Asa de São João“, canção que já aparecia no EP de 2011 mas que agora, sob produção de Alê, ressurge mais redonda com acordeão, pife e violino,  é outra que dialoga bem com os sons de outrora sem parecer datada. Em “Selva“, a influência de Chico Buarque é notória na temática da letra que clama por menos pudores da alma feminina e vem embalada em clima de cabaré. Com incandescente naipe de metais, a quase tropicalista “De Manhã” se entranha a desestruturar as harmonias do toque do samba. Épica, “Noite” reserva espaço pro cantor subir os tons das cores do seu bonito timbre. Filipe Catto é outro nome que valoriza o cd, participando da anárquica faixa de encerramento, “Tudo“.

Flavio Tris, com 13 boas canções autorais, faz uma estreia que se mostra ousada por, aparentemente, seguir na contramão da estética comum e novidadeira dos seus contemporâneos. A meu ver, um acerto e tanto.

O álbum está disponível para audição e download gratuito no site do cantor. Aqui.

 

2 comentários em “LANÇAMENTO: O primeiro álbum do Flavio Tris

  1. Pingback: Os 20 discos nacionais de 2013 « Música Estática

  2. Pingback: AGENDA DE NOVIDADES: Flavio Tris, Phill Veras e Camila Garófalo « Música Estática

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s