Lançamentos Música Mpb Resenhas Show

SHOW: Giana Viscardi lançando Orum, no Sesc Pompeia

Giana Viscardi lançou o terceiro álbum da carreira em show marcado pela ótima direção musical do maestro Letieres Leite

Giana Viscardi no palco do Sesc Pompeia. 10.10.2013
Giana Viscardi no palco do Sesc Pompeia. 10.10.2013

Após 8 anos sem mostrar material inédito, a cantora paulista Giana Viscardi acaba de lançar seu terceiro álbum, “Orum” (Sonora Produções). Na noite desta quinta-feira, Giana subiu ao palco do Teatro do Sesc Pompeia para tocar, pela primeira vez, o repertório do cd, em show que teve direção musical do maestro Letieres Leite. Pontuada por arranjos elegantes com forte acento percussivo, essa direção musical somada à segura atuação da cantora, foram os responsáveis pelo êxito do espetáculo.

Na sóbria abertura, a autoral  “Silêncio” (Giana Viscardi / Michi Ruzitschka) veio emoldurada por levada sedutora do trio violão-baixo-percussão que aos poucos, à medida que o show foi se desenvolvendo, passou a contar com a adesão de convidados especiais. Segunda da noite,  “À Espera“, já contava com o acréscimo da dupla de sopros que acentuaram o tom jazzy do número. E na sequência, em “Calma“, uma das melhores  canções de Orum, Letieres apareceu com sua flauta e passou a comandar a malha percussiva que sobressaiu em todos os números a partir dali. Mesmo algumas canções de contornos artísticos menores como “É Bom” (Giana Viscardi / Michi Ruzitschka), “19 Luas” (Michi Ruzitschka / Chico César) e “Saber Amar” (Giana Viscardi) renderam bem em cena por conta das abordagens precisas do time de músicos. “Canção do Amor Que Chegou“, tema pouco conhecido de Carlos Lyra e Vinícius de Moraes, teve na participação de Jaques Morelenbaum o grande trunfo, em delicada e surpreendente versão que subverteu o tom bossa-novista da gravação original de Dulce Nunes para a trilha sonora da peça “Pobre Menina Rica”, de 1964.  Já pelo fim da noite, uma das poucas canções fora do repertório de Orum, “Linda” (Caê Rolfsen / Celso Viáfora), adornada pela introdução dramática com 2 berimbaus foi o grande momento da cantora, em intensa interpretação acompanhando o tom crescente da base instrumental.  Fiel à versão de estúdio, “É Só o que Falta” (Caê Rolfsen / Fábio Barros) teve a responsabilidade de encerrar, assim como o faz no álbum, de forma alegre e pulsante, um show que cumpriu com louvor a missão de expor ao público o novo trabalho de Giana – ótima cantora e muito bem acompanhada em cena.

Algumas fotos do show. Aqui.

Giana Viscardi – Orum
Quando: 10.10.2013
Onde: Teatro Sesc Pompeia – São Paulo
Review: * * *

0 comentário em “SHOW: Giana Viscardi lançando Orum, no Sesc Pompeia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s