SHOW: Bixiga 70 e Baloji no Sesc Vila Mariana

Foto: Alexandre Eça
O rapper Baloji (centro) no palco do Teatro Sesc Vila Mariana. 20.11.2013

Bixiga 70 e Baloji
Quando: 20.11.2013
Onde: Teatro do Sesc Vila Mariana – São Paulo
Review: star-512star-512star-512 1/2

O inédito encontro entre a banda Bixiga 70 e o rapper Baloji supriu bem as expectativas na primeira noite do show apresentado no palco do teatro Sesc Vila Mariana.

Abrindo a cena, os paulistanos do Bixiga 70 mostraram a competência de sempre, com seu som calcado no soul e afrobeat, cheio de metais em brasa e percussão vibrante, e como já tinha ficado claro nos shows apresentados no Sesc Pompéia, um groove mais pesado e os teclados de Marcelo Fleury tendo papel mais destacado. Em 8 números, os caras botaram a plateia (ávida) pra dançar apresentando o repertório do seu segundo álbum, lançado em setembro.

Com todos ainda em quentes, sem pausa, o rapper congolês Baloji, aparentemente desconhecido do público, surgiu elegante pra mostrar as canções do seu segundo disco, Kinshasa Succursale (2012)Criado na Bélgica e influenciado pelo blues e o jazz, Baloji faz um rap melódico, e no palco é acompanhado por um quarteto que puxa o som quase sempre para lados do soul e do funk, com ecos de James Brown e Michael Jackson, que se misturam harmonicamente com o fraseado melódico da guitarra congolesa de Dizzy Mandjeku Lengo.

Bixiga 70
Bixiga 70

Com atuação incendiária, é sobre essa mescla de estilos, acrescido de uma espécie de rumba congolesa  que o cantor espalha o rap num discurso poliglota que passeia por críticas ao FMI e aos governos dos países africanos – tudo acompanhado de dancinhas cheias de suingue. Se lhe falta certa definição de personalidade artística, o músico compensa fartamente com a capacidade de conquistar o público. Terminou seu set ovacionado.

Foi apenas ao final da noite, em 3 números,  que o encontro entre a banda brasileira e o rapper, que é fã confesso de Maria Gadú, se mostrou produtivo. Menos azeitados que nos sets individuais, os 16 músicos trouxeram um trabalho inédito, composto em sessões de estúdio nos últimos dias, que possivelmente visa o lançamento na Europa. Com a plateia na mão, o baile foi formado e rendeu.

Os músicos voltam a se apresentar no mesmo Sesc Vila Mariana, na noite desta quinta-feira.

Algumas fotos da noite. Aqui.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s