SHOW: Ana Cañas – “Coração Inevitável”

Ana Canãs no palco do Sesc Belenzinho. 3.1.2014
A cantora Ana Cañas no palco do Sesc Belenzinho. 3.1.2014 (Foto: Alexandre Eça)

Ana Cañas – Lançamento de “Coração Inevitável”
Quando: 3.1.2014
Onde: Sesc Belenzinho – São Paulo
Review: star-512star-512star-512 1/2

Depois de 3 discos de estúdio, Ana Cañas se sentiu segura para gravar seus primeiros DVD e CD ao vivo,  “Coração Inevitável” (Guela Records / Som Livre, 2013), nas lojas desde dezembro. E foi a segurança da cantora em cena o grande trunfo do show de lançamento do trabalho realizado na noite desta sexta-feira, 3/1.

Cantora de voz potente e forte presença de palco, Ana acertou ao limar do repertório alguns números que aparentemente sobravam sem grande brilho no DVD, caso principalmente das autorais “No Quiero Tus Besos”, “L’Amour” e  “Volta”, ausentes da noite de estreia. Na quase sufocante Comedoria do Sesc Belenzinho, casa que sem ar condicionado mais parecia um caldeirão, Ana subiu ao palco, empunhando uma inaudível guitarra, pra mostrar a impactante “Urubu Rei” (Ana Cañas), uma das melhores canções do disco Volta (2012). De cara ganhou a plateia. Em setlist de 18 números, um inteligente roteiro mesclou baladas autorais (de menor estatura artística) a interpretações teatralizadas de temas de compositores emblemáticos no universo da artista.

Ana Cañas (Foto: Alexandre Eça)
Ana Cañas (Foto: Alexandre Eça)

São nesses momentos, quando dá voz à músicas quase sempre de tom roqueiro, que Ana Cañas se sai melhor. A versão do clássico do Led Zepellin, “Rock And Roll” (Page, Jones, Plant e Bonham) fica como um dos melhores momento da noite, executada após a classuda interpretação de “Stormy Wheater” (Harold Arlen e Ted Koehler), em tocada crescente que vai desenvolta do blues ao rock. Viscerais também são as abordagens de “Diabo” (Ana Cañas), cantada em coro pela plateia e de “Blues da Piedade” (Cazuza / Frejat), tema apresentado quase no fim do show, com o guitarrista Fábio Gimenez se destacando no power trio que acompanhou a cantora, composto ainda pelo baterista Alex Fonseca e o baixista Felipe Barros. Se as baladas de feitura não tão bem cuidada nem sempre estão a altura da intérprete, as canções de inspiração mais pop trazem leveza ao roteiro –  “Te Ver Feliz“, canção inédita escrita pela Ana em homenagem a seu pai falecido em 2006 e “Você Bordado“, parceria da cantora com o titã Nando Reis são exemplos de que o coração da cantora anda mais apaziguado, depois de uma fase hardcore, onde percalços na vida pessoal esmaeceram o brilho da artista.

Ao voltar para o bis, depois do ótimo encerramento com pungente versão de “Mulher o Suficiente” (Alzira Espíndola e Vera Lúcia Mota), canção recentemente regravada por Simone no seu disco “É Melhor Ser”, a dramática “Retrato em Branco e Preto” (Chico Buarque e Tom Jobim) soa quase deslocada como antecipação do final que incluiu uma não muito inspirada cover do Nirvana (“Come As You Are“) e a simpática “Esconderijo” (Ana Cañas).

Entre performances contundentes e certa indefinição autoral, Ana consegue em cena um bom resultado e, inevitável, se sai até melhor que no registro audiovisual que agora está lançando.

Algumas fotos do show. Aqui.

O roteiro da noite de lançamento de Coração Inevitável

1. Urubu Rei (Ana Cañas)
2. Texto / Será Que Você Me Ama? (Ana Cañas e Dadi)
3. Todas As Cores (Ana Cañas e Dadi)
4. Difícil (Ana Cañas)
5. Codinome Beija-flor (Reinaldo Arias, Cazuza e Ezequiel Neves)
6. Stormy Wheater (Harold Arlen e Ted Koehler)
7. Rock And Roll (Page, Jones, Plant e Bonham)
8. Traidor (Ana Cañas)
9. Texto / Escândalo (Caetano Veloso)
10. Te Ver Feliz (Ana Cañas)
11.Pra Você Guardei o Amor (Nando Reis)
12. Você Bordado (Ana Cañas / Nando Reis)
13. Diabo (Ana Cañas)
14. Blues da Piedade (Cazuza / Frejat)
15. Texto / Mulher o Suficiente (Alzira Espíndola e Vera Lúcia Mota)
BIS
16. Retrato em Branco e Preto (Chico Buarque e Tom Jobim)
17. Come As You Are (Kurt Cobain)
18. Esconderijo (Ana Cañas)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s