Lançamentos Música Mpb Pop

LANÇAMENTO: Daniela Mercury e Cabeça de Nós Todos

capa_mercury_cabeca

Daniela Mercury e Cabeça de Nós Todos
Lançamento: Gravadora Eldorado, novembro/2013
Quanto: R$ 25, em média
Review: star-512star-512star-512

Foi pela gravadora Eldorado que, em 1991, Daniela Mercury lançou seu primeiro álbum com sucesso avassalador que marcou a cantora baiana como um dos maiores fenômenos populares das últimas décadas na música brasileira. Agora, 22 anos depois, Daniela está de volta ao selo que a projetou, com um álbum gravado em parceria com a banda baiana Cabeça de Nós Todos.

Dona de uma discografia de respeito, que se nem sempre acertou o tom, ao menos passou longe da acomodação criativa, Daniela parece querer simplificar neste novo disco. Homogêneo, ainda que um tanto irregular artisticamente, Daniela Mercury e Cabeça de Nós Todos soa bastante sincero,  apostando em ritmos que vão do reggae ao pop e reservando lugar de destaque para o samba. As três primeiras faixas do disco servem pra resumir essa diversidade sonora de forma exemplar. “Sei Lá” (Aila Menezes / Leonardo Reis / Emerson Taquari / Mikael Mutti / Sérgio Rocha) é pop certeiro que flerta com atmosfera romântica. Na sequência, “Sinto” (Deco Simões / Emerson Taquari / Sérgio Rocha) atravessa as bases do reggae e deságua no acelerado sambão “Neguinho Maravilha” (Mikael Mutti), tema  que acena para o universo futebolístico já de olho em possível sucesso durante os festejos da copa. Canção tão batida, “Aquele Abraço” (Gilberto Gil) aparece em registro mais contundente, com elementos do samba-reggae e do funk se fundindo e não fazendo feio frente aos outros tantos registros da canção ao longo dos anos.

Mais delicada, a pop “Seda Azul” tem vocais divididos entre Daniela e os integrantes do Cabeça de Nós Todos, e é dos números menos inspirados do cd. Assim como pouco inspirada é também a inclusão de “Paula e Bebeto” (Caetano Veloso / Milton Nascimento), em versão um tanto desanimada que pouco  acrescenta ao andamento do álbum. Reservadas para o final, “Vai Ser Como o Rei Mandar” (Aila Menezes e Mikael Mutti) e “Couchê” (Adson Tapajós / Zeca Brasileiro / Sérgio Rocha) retomam a rota percussiva do trabalho – a primeira um samba de roda  típico com citação de “Todo Menino é um Rei” (Nelson Rufino / Zé Luiz) e a segunda, captada ao vivo, com toda aura carnavalesca dos trios elétricos de Salvador. Daniela Mercury e Cabeça de Nós Todos termina feliz e pra cima, reverente ao estilo que foi praticamente inventado pela cantora no anos 1990, e do qual ela ainda é a melhor representante.

0 comentário em “LANÇAMENTO: Daniela Mercury e Cabeça de Nós Todos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s