Lançamentos Música Mpb Resenhas

LANÇAMENTO: Ótimo álbum, Colheita confirma o nome de Mariene de Castro entre as grandes cantoras do samba brasileiro

mariene2

Mariene de Castro – Colheita
Lançamento: Universal Music, fevereiro/2013
Quanto: R$ 24, em média
Review: star-512star-512star-512star-512 1/2

O terreiro de Mariene de Castro é o do samba. Em trajetória artística ascendente desde o lançamento de Tabaroinha, seu excelente disco de 2012, a cantora acaba de jogar no mercado Colheita (Universal Music), terceiro álbum de estúdio da carreira, iniciada em 2005.

Desde sempre identificada com o samba baiano de influência afro-brasileira, Mariene agora expande conceitualmente seu repertório e cai com animação em jogada que propõe um irresistível enlace com o samba carioca. Aberto de forma exuberante com “Oxossi” (Roque Ferreira / Paulo César Pinheiro), tema pontuado pelo cello de Jaques Morelenbaum que reafirma  a intimidade da artista com os afro-sambas, o disco logo mostra um olhar urbano, antes ausente nos trabalho de Mariene, com a bonita versão, em tons mais contidos, de “Impossível Acreditar Que Perdi Você“, sucesso romântico dos anos 1970 do cantor carioca Márcio Greick. Inédita de Roque Ferreira e Toninho Geraes, “Mágoa” é dos pontos altos do disco, com a cantora ainda ecoando influência do seu trabalho anterior, dedicado a Clara Nunes, e se mostrando intérprete inspirada que consegue fazer frente até a Maria Bethânia, sua convidada em “A Força Que Vem Da Raiz“, outra canção inédita de Roque Ferreira. Alto também é o voo estilístico da cantora em “Retrato da Vida“, canção fruto da rara parceria entre Dominguinhos e Djavan que surge em clima de incontestável beleza na tocada do acordeão de Cicinho de Assis. Compositor recorrente na trajetória de Mariene, Roque Ferreira também assina, em parceria com Dunga, “Tirilê“, samba com cara de hit que recoloca o disco em terras baianas.

Mas é o Rio de Janeiro que fala mais alto em Colheita. Primeiro na malemolente “Me Beija” (Arlindo Neto, Marquinhos Nunes e Renato Moraes), passando com vibração pelo partido alto de “Eu Carrego Patuá” (Juninho Thybau, Alexandre Cacrinha e Flavinho Bento) e na faixa que dá título ao trabalho, inédita do compositor carioca Nelson Rufino, com participação iluminada e (como de costume) irreverente  de Zeca Pagodinho. Momento de lirismo maior do disco, “Nós Dois“, samba-canção de beleza desconcertante de Cartola, é valorizado pelo bandolim de Hamilton de Hollanda e pelo acertado tom sentido da interpretação de Mariene. Encerrado em clima de samba exaltação com “Aquarela da Amazônia” (Toninho Geraes), com calorosa participação bateria da escola de samba Portela, Colheita é álbum de tonalidade intensa que já confirma o nome de Mariene de Castro entre as grandes cantoras do samba brasileiro.

1 comentário em “LANÇAMENTO: Ótimo álbum, Colheita confirma o nome de Mariene de Castro entre as grandes cantoras do samba brasileiro

  1. Queria parabenizar Mariene de Castro pela maravilha que é “Colheita”.Não me canso de ouvir e recomendar aos meus amigos. Um disco perfeito que me está proporcionando momentos de felicidade.Roque Ferreira é o cara e o músico Cicinho não fica atrás. Sucesso para todos e uma grande colheita.Luís

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s