FOTO: Jards Macalé e Otto no Teatro Paulo Autran, em São Paulo

Jards Macalé e Otto (Foto Alexandre Eça)
Jards Macalé e Otto (Foto Alexandre Eça)

O mesmo show sempre diferente. Em turnê para divulgação do DVD “Macalé“, Jards voltou à capital paulista para duas apresentações com participações dos cantores Otto e Céu.

Em show com cara de coletânea greatest hits (como, a rigor, tem sido os shows do cantor neste ano), Macalé atualizou algumas das suas canções compostas nos últimos 40 anos com improvisos (“Burning Night“, “Canalha“, “Soluços“, “Mambo da Cantareira“), acentuada levada jazzy (“Let´s Play That“, “Farinha do Desprezo“) e uma versão reggae para “Negra Melodia“. Música mais rara do eletrizante espetáculo, “Gothan City“, a seminal parceria de Macalé com o poeta Campinam, foi embalada por vaias do público, a pedido do cantor, para relembrar a apresentação no Festival Internacional da Canção, de 1969, quando a música foi totalmente incompreendida pela plateia, mas não ignorada.

Na primeira noite, a participação do cantor pernambucano Otto botou fogo na lotada plateia do Teatro Paulo Autran. Otto deu voz a duas autorais – “The Moon 111” e “Exu Parade” – e dividiu os vocais com Macalé em emocionada versão do samba-canção “A Flor e o Espinho“, clássico de Nelson Cavaquinho em parceria com Guilherme de Brito e Alcides Caminha.

Fotos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s