Destaque Foto Música Mpb Pop Resenhas Show

Show: Mesmo dizendo pouco, Dancê é Tulipa Ruiz em total sintonia com seu público

Tulipa Ruiz na estreia de Dancê (Foto Alexandre Eça)
Tulipa Ruiz na estreia de Dancê (Foto Alexandre Eça)

Show: Tulipa Ruiz – Dancê
Quando: 23.5.2015
Onde: Teatro Paulo Autran – São Paulo
Reviewstar-512star-512star-512

Na estreia da sua nova turnê, Tulipa Ruiz ressaltou que a principal inspiração para o novo disco foi a plateia que, a cada show, criava um verdadeiro baile nas laterais do palco, nos momentos mais animados dos espetáculos. Dancê, terceiro disco da cantora, nasceu sob esta inspiração. Um disco para dançar, segundo a cantora.

Dancê não é álbum amparado por grandes letras ou canções marcantes. Antes, é trabalho muito bem produzido pelo irmão da cantora, Gustavo Ruiz, que arregimentou músicos de primeira – Lanny Gordin, João Donato, Felipe Cordeiro, entre outros – e buscou referências nas sonoridades mais quentes e dançantes dos anos 1970 e 1980. Tudo arrematado pela voz especial da Tulipa.

Em cena, Dancê não foge às inspirações da peça de estúdio. Recorre aos metais da banda paulistana Bixiga 70 para reproduzir fielmente os ótimos arranjos do disco, em setlist que alinha nove das onze músicas do novo trabalho e requenta números que funcionaram no show anterior da cantora, o estupendo Tudo Tanto, caso de “Like This“, “Sushi“, “É”, “Só Sei Dançar Com Você” e “Víbora“. “Pontual“, bela canção do primeiro disco é grande surpresa do roteiro, ao aparecer totalmente renovada, em atmosfera dançante. Suíte experimental que fecha Dancê, “Algo Maior” não apareceu roteiro, talvez por ser a faixa que mais fuja ao clima festivo do disco. Tulipa optou por reapresentar, com a mesma mise-en-cène, “Vibora“, sem grandes novidades e já sem o mesmo impacto. Porém, experimentação não faltou à atuação da cantora, sedutora ao alcançar notas altíssimas, em perfeita forma vocal. Mais que perfeita, aliás, exuberante forma. Mesmo sendo uma estreia, Tulipa passeou segura, totalmente à vontade, pelas novas músicas, brilhando especialmente em “Elixir“, “Jogo do Contente” e “Expirou“.

Tulipa_dance-5

Único número não autoral do roteiro, a cover de “Me Dá Um Disco“, tema do repertório dos Novos Baianos, tinha tudo para surpreender, mas ainda carece de uma sintonia mais fina, não disse muito a que veio, alocada entre a nova “Físico” e a boa versão de “Sushi“, música que encerra o show em tons épicos.

A tudo, a plateia majoritariamente jovem, pareceu entender e concordar. Gritos, declarações de amor, coreografias… Mesmo sem dizer muito, sem grandes novas canções ou momentos arrebatadores, Dancê é Tulipa Ruiz em total sintonia com seu público. 

Setlist

1. Prumo
2. Proporcional
3. Elixir
4. Like this
5. Jogo do contente
6. Virou
7. Só sei dançar com você
8. Reclame
9. Pontual
10. É
11. Expirou
12. Víbora
13. Old boy
14. Físico
15. Me dá um disco
16. Sushi
Bis
17. Proporcional

Fotos

1 comentário em “Show: Mesmo dizendo pouco, Dancê é Tulipa Ruiz em total sintonia com seu público

  1. Muitos dizem que ela lembra Gal,eu a acho parecidíssima com Tetê Espíndola.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s