Karina Buhr une discurso e pegada rocker em Selvática

Karina Buhr no palco do Teatro Paulo Autran - SP (Foto Alexandre Eça)
Karina Buhr no palco do Teatro Paulo Autran – SP (Foto Alexandre Eça)

Karina Buhr – Selvática
Quando: 15.1.2016
Onde: Teatro Paulo Autran – São Paulo
Reviewstar-512star-512star-512star-512

Não é só o discurso, que expõe brados feministas de tons libertários, que segura (e bem) Selvática, o show que apresenta o repertório do novo disco da cantora baiana de vivência pernambucana Karina Buhr. Em cena, a atuação visceral da artista se une com perfeição à sonoridade de peso armada pela banda capitaneada por dois dos melhores guitarristas brasileiros – Fernando Catatau e Edgard Scadurra. Selvática até começa brando, na levada do reggae de Dragão, mas logo entra em cena Eu Sou Um Monstro e a atmosfera punk-rock-noise se impõe.

Selvática é espetáculo de força cênica que não encontra barreira nem na dimensão do grande palco do Teatro Paulo Autran, que afasta a cantora da plateia. Em vários números, Karina saiu de seu “cercadinho” de retornos, para ganhar a boca de cena e se jogar pro heterogêneo público que lotou o teatro de mais de mil lugares. Foi assim em Picnic, Copo de Veneno, Esôfago, Selvática e nas canções de fizeram a vez de bis depois de um setlist até curto, mas nunca morno. A tudo a plateia pareceu entender , entrando em sintonia com o universo temático da cantora. E o contrário também aconteceu: já no fim dos show, quando o público entoou versos de protesto à Polícia Militar, que recentemente impediu com truculência as manifestações de rua em São Paulo, Karina, divertida, puxou o coro.

Moldado entre toques sonoros de cunho regional, versos violentos e incisivos, banda afiada, que faz do peso sua arma, e atuação “monstruosa”, Karina Buhr entrega Selvática, o show, ainda mais forte e presente que a peça de estúdio.

O setlist totalmente autoral armado por Karina Buhr no Teatro Paulo Autran, em São Paulo.

1. Dragão
2. Eu sou um monstro
3. Vela e navalha
4. Conta Gotas
5. Pic Nic
6. Esôfago
7. Rimã
9. Alcunha de ladrão
10. Cerca de prédio
11. A pessoa morre
12. Copo de veneno
13. Desperdiço-te-me
14. Selvática
Bis
15. Eu sou um monstro
16. Guitarristas de Copacabana
17. Avião aeroporto

Fotos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s