Álbum póstumo do rapper Sabotage chega às plataformas digitais

capa_sabotage

Em 2003, o rapper paulistano Sabotage já havia selecionado o repertório e gravado as vozes das 11 canções que figurariam no seu aguardado segundo álbum. O assassinato do artista aos 29 anos abortou violentamente os planos de carreira de um dos mais talentosos artistas do hip hop nacional, dono de fraseado e estilo inconfundíveis.

Agora, 13 anos depois da sua morte,  o disco sucessor do já clássico O Rap é Compromisso (1999) chega às plataformas digitais produzido por Daniel Ganjaman, Tejo Damasceno, Rica Amabis e DJ Cia, integrantes do coletivo Instituto. As canções não terminadas ganharam direção de nomes como Quincas Moreira, Tropkillaz, DJ Nuts, Mr. Bomba e Duani, e participações de B Negão, Céu, Funk Buia, Dexter, Rappin Hood, Negra Li, além de Shyheim, do coletivo americano Wu Tan Chan.

Ouça:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s