Com a família no palco, Luciana Mello estreia Na Luz do Samba

luciana_mello-12
Luciana Mello no palco do Theatro NET (foto Alexandre Eça)

Luciana Mello – Na Luz do Samba
Quando: 26.10.2016
Onde: Theatro Net, São Paulo
Reviewstar-512star-512star-512

Com a carreira intimamente ligada à herança do gene do samba do pai Jair Rodrigues (1939-2014), a cantora Luciana Mello estreou seu novo show  abraçada pela família. No palco, além da esperada homenagem ao pai, a quem Luciana dedicou seu mais recente álbum, Na Luz do Samba, o irmão Jair Oliveira e a filha Nina Levy também marcaram presença.

Já na abertura, a lembrança do pai deu o tom com a bonita e cadenciada versão de Disparada. Foi o mote para o samba pedir passagem em roteiro que evidenciou a desenvoltura da cantora no gênero que fez célebre seu pai. Segura no cenário criado pelo artista plástico Enrique Rodrigues, Luciana deu voz (afinada) às canções do disco recém-lançado – “Clementina, Brasileira Guerreira e Joia Rara” – antes de chamar o primeiro convidado da noite. Quando o sambista carioca Arlindo Cruz subiu ao palco, Jair Rodrigues foi novamente lembrado em “Somente Sombras”, ponto alto da noite, em dueto afetuoso no samba de Arlindo gravado em 1987 por Jair. Arlindo ainda improvisaria “Ainda é tempo de ser feliz” e “Olha Pra Mim” com a ajuda a plateia antes de Luciana sair do terreiro do samba em bloco que lembrou sucessos da carreira como “Simples Desejo” e “Assim que se faz” em versões de acento soul.

O samba voltou  novamente à cena com “Escasseia”, sucesso de 1981 de Beth Carvalho, “Sonho Meu“, “Alguém me avisou” (Dona Ivone Lara), “Requebre que eu dou um doce” (Dorival Caymmi). Com a adesão de Jair Oliveira, “Casa de Bamba” (Martinho da Vila), precedeu “Roda de Baiana“, que contou com a participação da filha da cantora, Nina Levy, antes do fecho do show com “Estrela Sorridente“, outra lembrança a Jair Rodrigues, o grande homenageado da noite.

O roteiro armado por Luciana Mello na estreia nacional de Na Luz do Samba:

1. Disparada (Geraldo Vandré / Theo de Barros)
2. Clementina (Altay Veloso)
3. Brasileira guerreira (Jair Oliveira)
4. Prazer e luz (Luciana Mello)
5. Joia rara (Walmir Borges)
6. Somente sombras (Arlindo Cruz / Zeca Pagodinho)
7. Ainda é tempo pra ser feliz (Arlindo Cruz / Sombra / Sombrinha)
8. Meu lugar (Arlindo Cruz / Muro Diniz)
9. Olha pra mim (Edu Tedeschi)
10. Tchau (Jair Oliveira)
11. Simples desejo (Daniel Carlomagno / Jair Oliveira)
12. Assim que se faz (Daniel Carlomagno)
13. Escasseia (Aluisio Machado / Beto Sem Braço / Zé do Maranhão)
14. Alguém me avisou (Dona Ivone Lara) /  Sonho meu (Dona Ivone Lara / Délcio Carvalho)
15. Correria (Jair Oliveira)
16. Requebre que eu dou um doce (Dorival Caymmi) / Rosa Morena (Dorival Caymmi)
17. Casa de bamba (Martinho da Vila)
18. Roda de baiana (Alceu Maia / Toninho Nascimento)
19. Estrela sorridente (Jair Oliveira)
Bis
20. Não deixe o samba morrer (Edson Conceição / Aloísio) / Flor de Lis (Djavan) / Tristeza (Niltinho / Haroldo Lobo)

Fotos

Fotos de Alexandre Eça.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s