Destaque Foto Lançamentos Música Mpb Resenhas Show

Em Sorrir e Cantar, Jussara Silveira cinzela a nova e a velha guardas do samba da Bahia

jussara_silveira_sambas-1
Jussara Silveira no palco da Casa de Francisca (Foto Alexandre Eça)

Gênio definidor do samba baiano, Dorival Caymmi paira soberano em Sorrir e Cantar – A nova velha guarda do samba da Bahia, novo show da cantora Jussara Silveira, que chegou à capital paulista no último dia 8 de abril.

No pequeno (e mal iluminado) palco da bela Casa de Francisca, Jussara, acompanhada pela percussionista Lan Lan e pelo violonista Muri Costa, cinzelou com precisão – e com a costumeira elegância – inspirações clássicas e contemporâneas de compositores baianos que formataram um gênero indissociável da cultura brasileira. De Caymmi a Moreno Veloso, de Batatinha a Moraes Moreira e Galvão, o harmonioso e irretocável roteiro do espetáculo (em que Caymmi brilha com sete músicas) até abriu espaço para “estrangeiros”, como o paulista José Miguel Wisnik, lembrado com Sou Baiano Também, número que serviu para a cantora explicitar sua origem mineira e criação baiana.

Com Sorrir e Cantar, Jussara continua, 20 anos após sua estreia profissional, a mostrar-se relevante e precisa, sem pontos menores na carreira e longe da vulgaridade estilística crescente no cenário da música brasileira contemporânea.

Setlist

1. Angola (Domínio público)
2. Sou baiano também (José Miguel Wisnik)
3. Lá vem a baiana (Dorival Caymmi)
4. O dengo que a nega tem (Dorival Caymmi) / Requebre que eu dou um doce (Dorival Caymmi)
5. Sonhei que eu era feliz (Paquito) / Santo Antônio (J. Velloso)
6. Não acorde o neném (Moreno Veloso / Domenico Lancellotti)
7. Sorrir e cantar como Bahia (Moraes Moreira / Luiz Galvão)
8. Hora da razão (Batatinha / J. Luna)
9. Inconsequência (Cezar Mendes / José Carlos Capinam)
10. Espera (Batatinha / Ederaldo Gentil) / Para todo efeito (Batatinha / Lula Carvalho)
11. O ouro e a madeira (Ederaldo Gentil)
12. Sereiar (Lan Lan)
13. Chula cortada (Roque Ferreira)
14. Milagre (Dorival Caymmi)
15. Maracangalha (Dorival Caymmi)
16. Você já foi à Bahia? (Dorival Caymmi)
17. Alegria (Assis Valente / Durval Maia)
Bis
18. Saudade da Bahia (Dorival Caymmi)
19. Cansado de sambar (Assis Valente)

0 comentário em “Em Sorrir e Cantar, Jussara Silveira cinzela a nova e a velha guardas do samba da Bahia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s