Destaque Foto Lançamentos Música Mpb Pop Resenhas Show

Zélia Duncan estreia “Tudo é Um” em São Paulo

14º álbum de Zélia Duncan, Tudo é Um traz a cantora e compositora carioca de volta ao conforto da sonoridade pop folk (brasileiro). Lançado no fim do mês de maio, o disco, elogiado e que mostra Zélia em ótima forma, chegou aos palcos na noite desta sexta-feira, 5, em um lotado Teatro Paulo Autran, no Sesc Pinheiros, em São Paulo.

Em cena, com direção musical do baixista Ézio Filho e direção artística de Isabel Teixeira (que também assina o roteiro do show com a cantora), o repertório ainda pouco conhecido pelo público rendeu bem.

Da abertura, com a delicadeza da abordagem de Olhos Perfeitos, com Zélia à meia voz, passando por Feliz Caminhar, momento mais bonito da noite quando a cantora surge à beira do palco com o violão apenas acompanhada pela sanfona de Léo Brandão já na parte final do roteiro de de 23 números, ou no arremate do show, antes do bis, com a pressão de Vou Seguir.

Mas foram mesmo as canções de álbuns anteriores que aqueceram e fizeram o público (no imenso Teatro Paulo Autran) cantar na fria noite de São Paulo – Intimidade, Sexo, Pagu, Enquanto Durmo e Imorais foram marcadas no setlist quase inteiramente autoral.

Zélia Duncan apresenta Tudo é Um em São Paulo neste fim de semana com ingressos esgotados.

zelia_duncan_tudoéum_2019-4
Foto Alexandre Eça

O roteiro armado por Zélia Duncan na estreia nacional de Tudo é Um:

1. Olhos perfeitos (Christiaan Oyens / Zélia Duncan) .
2. Tudo é um (Chico Cesar / Zélia Duncan) .
3. Breve canção de sonho (Dimitri Rabelo / Zélia Duncan) .
4. Canção de amigo (Christiaan Oyens / Zélia Duncan) .
5. Só pra lembrar (Dani Black / Zélia Duncan) .
6. Por que eu não pensei nisso antes (Itamar Assumpção)
7. Miopia (Lucina / Zélia Duncan)
8. Me faz uma surpresa (Zeca Baleiro / Zélia Duncan) .
9. Zélia Mão Joana (Itamar Assumpção)
10. Medusa (Zeca Baleiro / Zélia Duncan) .
11. Sexo (Christiaan Oyens / Zélia Duncan)
12. Bom pra você (Christiaan Oyens / Zélia Duncan)
13. Imorais (Christiaan Oyens / Zélia Duncan)
14. Assim que eu gosto (Christiaan Oyens / Zélia Duncan)
15. Intimidade (Christiaan Oyens / Zélia Duncan)
16. Enquanto durmo (Christiaan Oyens / Zélia Duncan)
17. Sempre os mesmo erros (Fred Martins / Zélia Duncan) .
18. Feliz caminhar (Moska / Zélia Duncan) .
19. O que mereço (Juliano Holanda) .
20. Sangue latino (João Ricardo e Paulinho Mendonça)
21. Eu vou seguir (Zélia Duncan) .
Bis
22. Minha fé (Lucina / Zélia Duncan)
23. Código de acesso (Christiaan Oyens / Zélia Duncan)
24. Pagu (Rita Lee / Zélia Duncan)

0 comentário em “Zélia Duncan estreia “Tudo é Um” em São Paulo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s